a a

Setor da Saúde cresce em acidentes de trabalho

saude-ctcem saúde no trabalho
Estudo do Ministério do Trabalho aponta que 10% de todos os casos registrados no Brasil aconteceram na Saúde

O segmento da saúde teve um crescimento em acidentes de trabalho, segundo o Anuário Estatístico da Previdência Social. De acordo com estudo do Ministério do Trabalho foram registrados 74.276 casos desta natureza no Brasil em 2014. O número representa um aumento de 4,5% em relação ao ano anterior, quando o país registrou 71.050 acidentes.

A enfermeira e especialista em Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde da fabricante de seringas de segurança Sol-Millennium, Karina de Araujo, lembra que as infecções decorrentes de acidentes hospitalares fere, muitas vezes, o profissional que se dedica ao bem-estar do paciente. “O enfermeiro é aquele que cuida e dá amor nas horas que precisa sem ao menos lhe conhecer. Ele também zela pelo seu bem estar em todas as etapas do tratamento e, muitas vezes, adoece ao exercer sua profissão”.

De acordo com uma pesquisa da OMS (Organização Mundial da Saúde), mais de três milhões de profissionais passam por exposições percutâneas a patógenos sanguíneos a cada ano e mais de 33 mil pessoas foram infectadas pelo HIV em decorrência de injeções reutilizadas ou compartilhadas.

“Tão fácil quanto bater o carro enquanto utiliza o celular é sofrer um acidente com perfurocortantes”, avisa a enfermeira. “Por isso, as empresas devem investir na segurança de seus profissionais na mesma proporção em que devem exigir que estes cumpram os protocolos de segurança. Quanto menor o risco, melhor para todos os lados.”

 

Fonte: Revista Cipa